14/03/2022 às 10h43min - Atualizada em 14/03/2022 às 10h43min

Ucrânia confirma novas negociações com a Rússia nesta segunda-feira (14)

Porta-voz do Kremlin e conselheiro presidencial ucraniano confirmaram, no domingo, que as autoridades dos dois países aceitaram conversar novamente sobre os rumos da guerra

Foto: Reuters
As negociações entre a Rússia e a Ucrânia não estavam ocorrendo no momento, mas são retomadas nesta segunda-feira (14), disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, segundo a agência de notícias RIA.

O conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podoliak, confirmou a informação por meio de uma publicação no Twitter, neste domingo (13). “Novamente. As negociações são ininterruptas no formato de videoconferências, enquanto os grupos de trabalho continuam em funcionamento. Um grande número de questões requer atenção constante. Na segunda-feira, 14 de março, será realizada uma nova sessão de negociação para resumir os resultados preliminares…”, publicou o conselheiro.

A China segue observando os desdobramentos da guerra. O país asiático disse, neste domingo (13), que a principal preocupação no momento é impedir que a crise na Ucrânia fique fora de controle. “A alta prioridade agora é evitar que a situação tensa aumente ou até mesmo saia do controle”.

Segundo uma autoridade norte-americana, a China recebeu um pedido por parte da Rússia de ajuda militar. O conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, disse ao Dana Bash Sunday, da CNN, que a China fornecer apoio à Rússia é algo preocupante.

“Estamos observando atentamente para ver até que ponto a China realmente fornece qualquer forma de apoio, seja material ou econômico. É uma preocupação nossa. E comunicamos Pequim que não vamos esperar e permitir que nenhum país compense a Rússia por suas perdas com as sanções econômicas”, disse Sullivan.

No entanto, as autoridades americanas afirmam que o país asiático estava “cumprindo os requisitos que foram implementados” sobre as sanções.


Informações são da 'CNN'
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!