20/03/2021 às 09h51min - Atualizada em 20/03/2021 às 09h51min

Painéis em defesa do chamado "tratamento precoce" são espalhados em Curitiba

Paraná é o terceiro estado com o maior número de médicos que apoiam a iniciativa

Da redação, com informações do 'RicMais'
Foto: Divulgação
O grupo 'Médicos Pela Vida COVID-19' espalhou, nesta sexta-feira (19), 12 painéis em defesa do chamado "tratamento precoce" na capital do Paraná, Curitiba, com a seguinte mensagem: “Não dê chance à COVID-19. O tratamento precoce salva vidas”.

Surgido no início da pandemia, o grupo formado por médicos de várias especialidades que trabalham diretamente com pacientes da COVID-19 defende o uso medicamentos como a hidroxicloroquina, a ivermectina, a bromexina, a azitromicina , o zinco, a vitamina D, anti-coagulantes, entre outros, como forma de reduzir o número de mortes pela doença.

“Somos um grupo de médicos que tem se dedicado a levar aos pacientes o melhor da prática profissional neste momento tão delicado no enfrentamento da pandemia causada pelo vírus Sars-CoV2, balizados pela análise das melhores evidências disponíveis na ciência, pelo Código de Ética Médica, pelos princípios da Bioética e pelo posicionamento do Conselho Federal de Medicina”, afirma o grupo.

Médicos paranaenses

Conforme noticia o 'RicMais', no site oficial do 'Médicos pela Vida COVID-19' existem três manifestos em que é apresentada a ideia do programa e é solicitado o apoio de médicos de todo o Brasil. Publicado no dia 16 de fevereiro último, o documento mais recente mostra que o Paraná aparece como o terceiro estado com o maior número de profissionais que apoiam o grupo. Até esta sexta-feira, 308 médicos do estado já haviam assinado o manifesto. O número é inferior apenas a São Paulo (624) e Minas Gerais (614).

OMS é contra

Autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) já se posicionaram diversas vezes contra o chamado "tratamento precoce" da COVID-19. De acordo com especialistas da entidade, não existem medicamentos com comprovação que ajudem os pacientes contaminados.

Notícias Relacionadas »