01/02/2021 às 17h46min - Atualizada em 01/02/2021 às 17h46min

Polícia Civil do Paraná reduz criminalidade na primeira fase do 'Verão Consciente'

O crime que registrou maior queda foi o de violência doméstica, que exibiu uma redução de 32 %

Da redação
Foto: Agência Estadual de Notícias

A Polícia Civil do Paraná atendeu cerca de 3,8 mil ocorrências na primeira fase do 'Verão Consciente' 2020/21 no litoral do estado. A etapa ocorreu de 21 de dezembro de 2020 a 20 de janeiro de 2021.

A corporação contribuiu para a redução da criminalidade nesta fase da operação, em relação ao mesmo período de 2019. O crime que registrou maior redução foi o de violência doméstica, que exibiu uma queda de 32,55% -- em 2019 foram registrados 215 boletins; já em 2020 foram feitas 145 ocorrências.

Com relação a roubos, em 2019 foram registrados 98 roubos, contra 70 registrados em 2020 – queda de 28,57%. Os registros de furtos também tiveram uma redução se comparados à operação anterior, que registrou 504 ocorrências, contra 447 da operação atual, atingindo uma redução de 11,30%.

Os crimes contra a dignidade sexual também sofreram uma queda. Este ano foram registrados 17, enquanto no ano anterior foram contabilizados 19 casos, um índice 10,52% menor.

Apenas nesta fase, já foram solucionados 61% dos homicídios, o que equivale a 11 de um total de 18. 

“Com a diminuição de crimes ocorridos durante o Verão Consciente, focamos em entregar um trabalho ainda melhor, e isso refletiu no aumento de inquéritos policiais instaurados, mostrando qualidade do trabalho”, conta o coordenador do 'Verão Consciente', Gil Rocha Tesseroli.

Durante a primeira fase da temporada anterior, a Polícia Civil instaurou 68 inquéritos policiais. Nesta temporada, já foram 90 registros, 32% a mais que no ano passado.

Reforço 

 

O reforço para a operação conta com 135 policiais fixos e 14 itinerantes, sendo eles delegados, investigadores, escrivães e papiloscopistas. Além disso, há 20 viaturas para compor a frota regular da região, junto a um ônibus que abriga a Delegacia Móvel, alocado em pontos estratégicos para atender ao público. A população pode registrar a ocorrência na Delegacia Móvel e também sanar dúvidas sobre assuntos envolvendo à atuação da Polícia. O veículo foi desenvolvido para o atendimento em locais externos e possui acessibilidade para pessoas com deficiência, operacionalidade dinâmica e padrão internacional.


Notícias Relacionadas »