30/03/2021 às 07h49min - Atualizada em 30/03/2021 às 07h49min

​Morte de rapaz por COVID comove comunidade evangélica de PG

Vítima deixa a esposa e um filho que está para nascer; assista ao culto fúnebre dedicado ao rapaz

Da redação
Foto: Reprodução / Redes sociais
O auxiliar administrativo Luthi Diego de Lima Ribeiro morreu nesta segunda-feira (29), aos 34 anos, em decorrência da COVID-19. Filho de José Osias Ribeiro e Joana D’arc de Lima, o rapaz estava internado no Hospital São Camilo, em Ponta Grossa. Ele deixa a esposa, Gabriely, e um filho que está para nascer. 

Membro da 17.ª Igreja Quadrangular – Templo da Ressurreição, Luthi era muito conhecido pela comunidade evangélica de Ponta Grossa. Na noite de segunda-feira, data da morte, as redes sociais foram tomadas por publicações lamentando a morte do rapaz. 

“Luthi está na glória com o Pai. Meus sentimentos à sua esposa, ao filho que está para nascer e a toda a sua família. Nós oramos e Deus nos atendeu, não da maneira como a gente imaginava, mas da maneira que era perfeita para o Luthi”, escreveu uma amiga. 

Primo do rapaz, o músico Alisson Camargo publicou uma forte despedida nas redes sociais. “Descanse em paz, querido primo Luthi, você lutou muito! Parte muito jovem, [com] uma vida inteira pela frente. A tristeza dessa doença nos consome em dor.”

Também primo de Luthi, o apresentador de TV Cândido Neto destacou a generosidade do jovem em sua despedida. “Tão jovem e com tantos sonhos… Descansa em paz, primo… Obrigado por sua generosidade nesta curta trajetória. Que dor, meu Deus.” 

No dia da morte, a igreja de Luthi dedicou um culto fúnebre on-line ao rapaz. Assista:




 
Notícias Relacionadas »