03/02/2021 às 16h30min - Atualizada em 03/02/2021 às 16h30min

Jovem de Prudentópolis é a primeira brasileira a vencer o 'Miss Turismo Internacional'

A Miss Brasil deixou para trás 30 países, como Tailândia, Indonésia, República Tcheca, Austrália, Bolívia e Malásia, que compunham o grupo de finalistas

Da redação
Foto: Divulgação / Brasílio Wille
A modelo paranaense Carol Vinharski tornou-se a primeira brasileira a ganhar o concurso 'Miss Turismo Internacional'. A Miss Brasil conquistou os jurados e deixou para trás 30 países, como Tailândia, Indonésia, República Tcheca, Austrália, Bolívia e Malásia, que compunham o grupo de finalistas.

Em entrevista ao portal Banda B, de Curitiba, a jovem disse que o titulo é a recompensa de muito trabalho. “O título foi a recompensa por meses de muito trabalho. Especialmente em um ano tão atípico, a sensação de realização é ainda maior. Foi com certeza um dia muito especial para mim, afinal é um título internacional muito importante, e ser a primeira brasileira a ganhar me deixou muito feliz."

Nascida em Prudentópolis, nos Campos Gerais, Carol vive em Curitiba desde 2014, onde estuda Publicidade e Propaganda, e trabalha como modelo e digital influencer. Com a conquista do título, ela se torna, simbolicamente, a embaixadora do turismo no mundo.

“Como Miss Turismo Internacional, levarei o nome do nosso país e a cultura do nosso povo por onde eu passar. Eu me sinto realizada, extremamente feliz e motivada a honrar esse título promovendo o turismo pelo mundo. Eu amo viajar, e ter a oportunidade de fazer isso promovendo as belezas do meu país foi simplesmente incrível. O Brasil é um país maravilhoso, destino de milhões de turistas todos os anos”, disse ao veículo curitibano.  

Antes da brasileira, o concurso teve apenas uma vencedora da América do Sul, a venezuelana Faddya Ysabel, em 2014. Em outras edições do concurso de beleza, a melhor classificação do Brasil havia sido o segundo lugar, em 2008, que ficou com a paranaense Cibele Franczak, e, em 2016, com a brasiliense Thainá Magalhães.

Avaliação

Este ano, por conta da COVID-19, a edição ocorreu de forma 100% virtual. A final, que inicialmente estava agendada para dezembro, foi adiada para janeiro devido às restrições da pandemia. Dessa forma, Carol foi avaliada por meio de três vídeos e quatro fotos. A estudante conta que, para produzir esse conteúdo, viajou por quatro estados, gravando em pontos turísticos como o Pão de Açúcar, Cristo Redentor, Jardim Botânico e Ópera de Arame. Além dos pontos turísticos, elas fez algumas atividades, saltou de asa delta, voou de helicóptero e fez o tradicional passeio de trem Curitiba-Morretes.


Notícias Relacionadas »