03/02/2021 às 17h07min - Atualizada em 03/02/2021 às 17h07min

Brasileiros usam o Pix para flertar e Banco Central se manifesta

Onde se espalhou depois que uma mulher começou a mandar transferências no valor de 1 centavo para tentar reatar o namoro com o ex-parceiro

Da redação
Foto: Getty Images

O brasileiro realmente não conhece a palavra "limite". Usuários estão usando o sistema de pagamento instantâneo Pix para paquerar. A ideia viralizou e ganhou o nome de ‘Pix Tinder’, em referência a um dos maiores aplicativos de namoro do mundo. Mas como funciona o flerte nesse sistema? O Pix oferece um campo onde os usuários digitam a identificação da transferência, e é nesse espaço que os ‘pix lovers’ enviam as cantadas.

A ideia ganhou visibilidade a partir de um caso isolado que bombou na internet. Um usuário publicou um post relatando que a ex-namorada, bloqueada em todas as suas redes sociais, estava usando o Pix para lhe mandar mensagens com transações no valor de um centavo. A ideia da jovem era reatar o namoro. Não se sabe se os dois voltaram a namorar, mas a iniciativa inspirou diversos usuários a utilizarem a ferramenta para flertar. Além disso, as pessoas passaram a compartilhar as suas chaves Pix para que os crushes enviem um "agradinho".

Banco Central

A brincadeira tomou uma proporção tão grande que o Banco Central se manifestou, dizendo que “Pix é um meio de pagamento e não rede social”. Entretanto, a instituição diz que não há previsão legal para bloqueio de usuários dentro do sistema. Quem não quiser receber mensagens pode ajustar as configurações no aplicativo do banco onde tem conta.

O banco ainda alertou sobre o compartilhamento da chave Pix na internet, já que se trata de informações pessoais, apresentando riscos para o usuário, principalmente quando a chave é o CPF ou o número de telefone.


Notícias Relacionadas »