24/10/2022 às 14h54min - Atualizada em 24/10/2022 às 14h54min

Castro investe R$ 1,9 mi em novo projeto de pavimentação

De acordo com a adminsitração municipal, o início das obras no bairro Lacustre deve ser concluído em até dez meses

Informações assessoria
Prefeitura de Castro

O prefeito de Castro, Alvaro Telles (União) assinou nesta segunda-feira (24) a ordem de serviço que autoriza o início das obras de pavimentação em ruas do bairro Lacustre. O investimento com recursos próprios é de R$ 1,9 milhão. Serão asfaltados trechos das ruas Hernandes Antunes, Jonas Borges Martins, Professor Basílio Chrun, Pará e Plínio Kun, esta última em toda a extensão. No total, serão pavimentados 7,5 mil metros quadrados.

De acordo com a adminsitração municipal, o início das obras está previsto para os próximos dias. O término do projeto deve ocorrer em um prazo de até dez meses. A empresa responsável pelos serviços é Hayar Transportes e Locações Eireli. Telles destacou que estas obras fecharão o sistema viário do Parque Lacustre. “São obras que melhoram a infraestrutura urbana e as condições de mobilidade para pedestres e motoristas”, disse.

Infraestrutura é prioridade

Castro está realizando o maior programa de pavimentação da história do município, melhorando a infraestrutura dos bairros e levando mais qualidade de vida aos moradores. Nos últimos cinco anos, os investimentos somam mais de R$ 66 milhões com recursos federais, estaduais e do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). A informação foi divulgada pela prefeitura no mês de março deste ano.

O asfalto já contemplou bairros inteiros como o Nossa Senhoras das Graças, que também recebeu aplicação de recursos em saneamento básico, Mirante da Serra, Terma Riviera, Santa Terezinha, Araucária III, Morada do Sol e Arapongas, entre outras localidades. Nos demais bairros, além de asfalto novo, foi realizada a recuperação do pavimento com recapeamento.

Importante vias de ligação, as ruas Javert Madureira, Cruz Machado, Jerônimo Cabral do Amaral, Jesuíno Marcondes e Avenida Vicente Fiorillo foram totalmente revitalizadas. A área central recebeu a atenção com a recuperação do pavimento. No interior, foram contemplados com pavimentação em pedra poliédrica a rua principal do Tronco e o bairro Santa Clara. A Vila do Socavão teve todas as ruas asfaltadas. Para os próximos meses estão previstos investimentos de R$ 15 milhões em asfalto, saneamento e iluminação pública.

 

Obras no Socavão

As obras de asfaltamento do terceiro trecho da estrada do Socavão foram concluídas em junho deste ano. Nesta etapa, foram asfaltados mais quatro quilômetros. Os serviços de mais esta etapa iniciaram em novembro de 2021 e foram realizados pela empresa Antonio Moro & Cia. Esta é a terceira fase da obra que iniciou em 2009, com a pavimentação de 8,5 quilômetros entre a Castrolanda e o Cruzo e mais quatro quilômetros na Estrada do Cerne, no sentido do Abapan. 

O investimento a fundo perdido foi de R$ 10 milhões com recursos do governo do Estado e a obra foi feita pelo 10º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército Brasileiro. A segunda etapa, realizada pela empresa Antonio Moro & Cia. Ltda., foi iniciada em março de 2019 e concluída no início de 2021com a pavimentação de mais 8,6 quilômetros da Vila do Socavão até a localidade do Pinheirão. O investimento foi de R$ 12,2 milhões com recursos do governo do Estado e contrapartida do Município. Para finalizar a estrada, faltam pouco mais de nove 9 quilômetros entre Castro e o Distrito do Socavão.

Construção do Contorno Norte

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná (DER/PR) executou em setembro deste ano a superestrutura (laje superior) da ponte sobre o Rio Iapó. A obra faz parte do novo Contorno Norte de Castro, nos Campos Gerais, que está em andamento para fazer a ligação entre a PR-090 com a PR-151.

O contorno também terá um viaduto na interseção com a PR-151, que está em fase de execução de suas fundações e terraplenagem, além de duas rotatórias: uma no entroncamento com a PR-090 e outra com a estrada de acesso ao bairro Castrolanda, que concentra um importante polo turístico e industrial da região.

O objetivo principal da construção do Contorno Norte de Castro é desviar o fluxo de caminhões de carga pesada, que atualmente precisam trafegar pelo centro urbano do município, o que prejudica tanto moradores quanto os motoristas. O investimento é de R$ 78,9 milhões por meio do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, que conta com financiamento Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!