01/04/2021 às 16h14min - Atualizada em 01/04/2021 às 16h14min

Instituto Pegaí Leitura Grátis define ações para 2021 em encontro virtual

Reunião virtual teve também prestação de contas e relatório de 2020

Da assessoria
Foto: Divulgação
O Instituto Pegaí Leitura Grátis realizou no último sábado, 27, sua Assembleia Geral Ordinária Anual, com a participação de membros da diretoria, dos comitês e demais voluntários. Realizada pela primeira vez em formato virtual, a assembleia seguiu todas as regras da Instrução Normativa DREI nº 79/2020, do Ministério da Economia.
 
Foram aprovados por unanimidade a prestação de contas e o relatório de atividades de 2020, bem como o planejamento estratégico para 2021. Entre as prioridades para este ano, está a constante ampliação do acervo, tanto com ações publicitárias, impressão de 5 novos títulos e campanhas de doação e fomento de parcerias com empresas e profissionais. Duas ações que já iniciaram são a #LivrosdeLer e #LivrosDeTodosOsCantosDoMundo, que nos próximos dias deverão movimentar as pessoas para a doação de livros.
 
Em relação aos voluntários, a diretoria elencou como prioridade as atualizações do Regimento Interno e do regulamento do Voluntário Destaque, bem como a continuidade de lives e capacitações online e atualização do Ambiente do Voluntariado.
 
O Instituto espera também reabrir as estantes que ainda permanecem fechadas com cautela e de forma progressiva, com a responsabilidade de prevenção à Covid-19. O Pegaí prevê implementar também neste ano o sistema de Compliance, se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados (LGDP), captar recursos via editais e participar de concursos e premiações, entre outras atividades.
 
2020: ano de adaptações
 
Devido à necessária parada das atividades em virtude da pandemia, os objetivos definidos para 2020 não puderam ser cumpridos em sua totalidade. Entretanto, o Instituto Pegaí também se adaptou neste período e teve um ano com diversas ações. A principal novidade foi a criação do Alimentando Mentes, nascido inicialmente como uma estratégia pontual de disponibilização de livros junto com cestas básicas distribuídas por escolas, igrejas e entidades, e que agora passa a fazer parte oficialmente dos projetos do Instituto, juntamente com o Pegaí Leitura Grátis e o Hospital de Livros. Devido ao sucesso, a iniciativa foi premiada com o Selo SESI ODS 2020, como uma importante ação de prevenção e combate à Covid-19.
 
Também neste tempo foram realizados eventos, treinamentos e capacitações online, impressos 31 mil exemplares de quatro novos livros e distribuídas máscaras aos voluntários. Foi aberto ainda um novo depósito dentro do Supermercados Tozetto - Nova Rússia (onde já está instalada a sede do Instituto), para comportar as 130 caixas de livros que aguardam preparação. As redes sociais do Pegaí também tiveram uma grande evolução, tanto em números de postagens e seguidores, como no engajamento das publicações.
 
Prestação de contas
 
Uma das principais motivações para a realização da Assembleia Geral é a transparência, um dos pilares do Instituto Pegaí. O voluntário Ezequiel Gueiber, membro e auditor do Conselho Fiscal, apresentou uma prestação de contas com todos os recebimentos, despesas e investimentos de 2020.
 
Segundo ele, toda a movimentação financeira é feita exclusivamente por operações bancárias, o que dá maior credibilidade às contas da associação. Além disso, os valores são desembolsados a partir das metas e levando em consideração o Planejamento de Distribuição de Recursos definido pela diretoria, que engloba ampliação do acervo, engajamento dos voluntários, expansão, manutenção do Hospital de Livros, manutenção da Sede e ações de captação de recursos por meio do Programa Nota Paraná.
 
“Neste ano contabilizamos todas as arrecadações do Instituto, incluindo o Nota Paraná e outras fontes, como patrocínios e o valor referente a doações em produtos, como papel para impressão de livros, por exemplo. Com isso, foi apontado que a maior parte da arrecadação do Pegaí [54,59%] é proveniente do Programa Nota Paraná, mas os patrocínios e doações são uma fatia muito representativa nos recebimentos. Isso comprova que o apoio de empresas e pessoas são fundamentais para a entidade”, explica Ezequiel.

Notícias Relacionadas »