18/11/2022 às 13h49min - Atualizada em 18/11/2022 às 13h49min

​Disrupção digital: 4 tecnologias que empresas não podem deixar de fora dos negócios em 2023

Investimento em TI faz companhias crescerem 60% a mais

Da assessoria
Divulgação
Faltando pouco mais de um mês para a virada do ano e com os jogos da Copa do Mundo tomando parte do expediente até lá, é hora das empresas fecharem os planejamentos de investimentos para 2023. E uma fatia considerável deveria ir, após todos os aprendizados da pandemia, para serviços de tecnologia de qualidade, que são vistos como grandes impulsionadores para os negócios e foram o apoio nos momentos de reinvenção urgente. Um estudo da TNS Research aponta que as empresas que investem em tecnologia têm aumento na receita e crescem até 60% a mais em comparação com as empresas que descartam esse tipo de investimento. Por isso, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, 5G e Cibersegurança estão no radar de corporações que entendem a importância da disrupção digital.

Diante das mais diversas possibilidades de desenvolvimento, as empresas têm adotado a digitalização como aliada nos negócios. Segundo especialistas, para tornar possível o crescimento de uma empresa por meio dos recursos tecnológicos, é preciso não somente investir, mas saber como otimizar esse investimento. "É necessário, primeiramente, entender as novas ferramentas, quais delas serão úteis e como aplicá-las para aperfeiçoar os processos na organização, sejam eles as formas de gestão, produção ou a experiência do cliente”,  explica o diretor-executivo da TOTVS Curitiba, Márcio Viana.

Nessa perspectiva, é necessário considerar as tecnologias que vieram para ajudar a alavancar os negócios. Confira a seguir as tendências para ficar de olho e saiba porque os empreendedores devem estar mais atentos do que nunca a essas práticas e ferramentas.
 

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) vem sendo cada vez mais utilizada no meio empresarial. Com funcionamento formado pela combinação entre Big Data (grande volume de dados) e algoritmos, a ferramenta tem potencial para ser aplicada em diversas áreas de atuação. Além de ler dados, interpretar informações por meio de sistemas de aprendizado, detectar padrões e possuir ferramentas que conseguem simular capacidades humanas, a IA otimiza os processos de trabalho e, ao mesmo tempo, transforma as relações. "Uma empresa que conta com Inteligência Artificial pode também cortar custos operacionais por meio da redução de erros e aumento de produtividade nos processos gerados por esse recurso", pontua Márcio Viana. 
 

5G

A tecnologia, que chegou ao Brasil em julho de 2022, é indispensável para as empresas que desejam fazer parte do conceito de indústria 4.0. A rede 5G promete ter até cem vezes mais velocidade que a geração anterior, além de entregar conexões estáveis e ampla cobertura. Ainda, a nova tecnologia possibilita a conexão de diversos aparelhos à internet ao mesmo tempo, desde celulares até automóveis. Nas indústrias, as melhorias de velocidade, tempo de resposta e confiança na rede devem abrir um leque de aplicações. De acordo com especialistas, essa conexão avançada contribui para que as máquinas conversem entre si e tornem realidade a chamada Internet das Coisas (IoT). "A automação industrial e a integração de tecnologias são pontos importantes para promover a digitalização das atividades industriais, otimizar processos e produtividade", sinaliza o diretor-executivo da TOTVS. 
 

Internet das Coisas 

Os aparelhos inteligentes que integram o conceito de Internet das Coisas (IoT) estão cada vez mais presentes no dia a dia. Com a capacidade de se comunicar entre si por meio da internet, tal tecnologia pode auxiliar as empresas com novos insights, ao registrar e transferir dados para monitoramento de processos. Importante aliada na tomada de decisões, a IoT traz clareza e melhor visibilidade para informações. Já o controle a distância e a automação de dispositivos são possibilitados pela conexão entre pessoas, máquinas e equipamentos em escritórios, indústrias e até nas residências. Também, os dados coletados por esses aparelhos podem ser combinados à Inteligência Artificial e, a partir disso, identificados novos padrões de uso. 
 

Segurança digital

O acesso rápido e abrangente às tecnologias exige também das empresas o investimento em proteção cibernética. A segurança digital é uma importante aliada na proteção de  empresas contra ataques cibernéticos e acessos não autorizados aos dados presentes nas plataformas. De acordo com uma pesquisa da Deloitte, 80% dos empresários consideram o investimento em segurança digital como um dos mais importantes. A prática é indispensável para que a empresa assegure não somente que estará protegida de ataques, mas também forneça ao consumidor e aos colaboradores a proteção contra o vazamento de dados, prevista na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). “É essencial que as organizações estejam alinhadas quanto à proteção de dados e informações presentes em seus registros e plataformas para que todas as demais ferramentas tecnológicas tenham pleno funcionamento e possam gerar o resultado e crescimento esperados”, finaliza Márcio Viana.

 

Sobre a TOTVS  

Líder absoluta em sistemas e plataformas para gestão de empresas, a TOTVS entrega produtividade para 70 mil clientes por meio da digitalização dos negócios. Indo muito além do ERP, oferece serviços financeiros e soluções de business performance, investindo R$ 2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento nos últimos cinco anos para atender as exigências de 12 setores da economia. Como uma empresa originalmente brasileira, a TOTVS acredita no “Brasil que Faz” e apoia o crescimento e a sustentabilidade de milhares de negócios e empreendedores, de norte a sul do país, por meio de sua tecnologia. Para mais informações, acesse o site.


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!