04/02/2021 às 14h45min - Atualizada em 04/02/2021 às 14h45min

Nova mesa diretora da ALEP é empossada no Plenário da Casa

Ratinho Junior destacou a parceria entre o Poder Executivo e o Judiciário, que permitiu ampliar o combate à pandemia no estado, destravando R$ 2 bilhões

Da redação
Foto: Dálie Felberg / Alep
 

Os novos membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) tomaram posse na última segunda-feira (1) para o biênio de 2021-2022. A sessão solene especial no Plenário da Casa obedeceu aos protocolos sanitários impostos, restringindo o número de participantes como maneira de prevenir o avanço da COVID-19.

O deputado Ademar Traiano (PSDB) tomou posse como presidente, Do Carmo (PSL) como vice e Requião Filho (MDB) como terceiro vice-presidente. Luiz Claudio Romanelli (PSB) foi eleito como primeiro secretário, Gilson de Souza (PSC) como segundo secretário, Alexandre Amaro (Republicanos) como terceiro secretário; e Nelson Luersen (PDT) e Gilberto Ribeiro (PP), como quarto e quinto secretário, respectivamente.

Traiano destacou o papel do Legislativo no combate à pandemia. “Não negligenciamos nosso papel como instituição. Ao contrário. Nos momentos em que todos os caminhos possíveis pareciam se fechar, abrimos novos caminhos e possibilidades para criar novas oportunidades. Afinal, em situações complexas, a melhor estratégia pouco importa se não houver meios para viabilizá-la. Foi o que fizemos. Viabilizamos as soluções para superar a crise”, afirmou em seu discurso.

O presidente aproveitou para pedir mais união entre os três poderes. “O Executivo pode fazer muita coisa, mas não pode tudo. O Legislativo também pode fazer muita coisa, mas também não pode tudo. O Judiciário pode muito, mas igualmente não pode tudo. No entanto, unidos, podemos fazer tudo o que é necessário para dotar o Paraná de plenas condições para o seu desenvolvimento e de oportunidades para os paranaenses. Mas, se nos dividirmos, pouco poderemos fazer para enfrentar os desafios quotidianos. Por isso devemos conjugar nossos valores e propósitos, e agir por princípios e convicções”, completou.

Na terça-feira (2), a sessão de instalação da 3ª Sessão Legislativa da 19ª Legislatura teve a leitura da mensagem do governador sobre a situação do Paraná. Anteriormente, o governador Ratinho Junior (PSD) havia participado da posse da cúpula diretiva do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) e aproveitou para destacar a parceria entre o Poder Executivo e o Judiciário, que permitiu ampliar o combate à pandemia no estado, destravando R$ 2 bilhões no ano passado.

“A parceria com os demais Poderes, neste caso o Judiciário, tendo à frente o desembargador Adalberto Xisto Pereira, ajudou o Paraná a enfrentar a pandemia. Somente no ano passado, o Tribunal de Justiça repassou R$ 101 milhões ao Fundo Estadual de Saúde para o enfrentamento da doença. Um gesto que demonstrou, além de solidariedade, a preocupação com a saúde e com a vida dos paranaenses”, afirmou.


Notícias Relacionadas »