28/11/2022 às 13h53min - Atualizada em 28/11/2022 às 13h53min

​Prazos para concorrer nos programas Nota PG e IPTU Premiado encerram nesta quarta (30)

Os sorteados podem ganhar carros, moto e prêmios em dinheiro

Da assessoria
Divulgação
Encerra nesta quarta-feira (30), o prazo para concorrer no Programa IPTU Premiado e Nota PG, da Prefeitura de Ponta Grossa, que terão o sorteio no dia 16 de dezembro.  Em ambas as iniciativas, serão sorteados carros, moto e prêmios em dinheiro. No IPTU Premiado, o contribuinte deve estar em dia com o tributo municipal e no Nota PG, o munícipe deve se cadastrar ou renovar o cadastro na plataforma OXY e pedir a nota fiscal quando utilizar de serviços.

“A política fiscal da gestão tem como objetivo prestigiar o contribuinte que estiver com os tributos em dia. Em virtude disso, o IPTU Premiado, que está em sua 5ª edição, visa auxiliar na mudança de cultura da população em relação ao imposto. Para isso, o programa que pretende estimular a adimplência na cidade sorteando um carro zero km, uma moto zero km e 20 prêmios de R$ 2 mil”, disse o secretário municipal da Fazenda Claudio Grokoviski.

Para concorrer ao prêmio do IPTU Premiado o contribuinte deve estar com o tributo em dia, tanto para os que pagaram à vista com desconto, como para aqueles que parcelaram o imposto neste ano. “No caso dos parcelamentos deste ano, o tributo deve estar quitado até a parcela de número 9 para concorrer. Além disso, os débitos de anos anteriores também devem estar quitados”, explica Grokoviski.

Em relação ao Nota PG, também no dia 16 de dezembro, serão sorteados um carro 0Km e 10 prêmios em dinheiro de R$ 5 mil cada. “Neste caso, para concorrer aos prêmios oferecidos, os contribuintes precisam fazer adesão pela internet, no site da Prefeitura, na plataforma OXY. É rápido e fácil de fazer. Realizada a adesão, o sistema atualiza automaticamente as notas já lançadas no CPF do munícipe, neste ano”, destaca o secretário.

 

JUSTIÇA FISCAL

A prefeita Elizabeth Schmidt comenta que estes programas são importantes ferramentas de justiça fiscal, tanto na motivação do pagamento em dia do IPTU, como aumenta a arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS), por meio do pedido da nota fiscal pelo munícipe quando utilizam de serviços como cabelereiros, mecânico, escolas, academias, pinturas, entre outros. “Quanto mais contribuintes participam do processo de arrecadação, mais condições a cidade tem de realizar novos investimentos e cumprir com seus compromissos, como o pagamento da folha, por exemplo, sem a necessidade de aumentar o valor de impostos. Isso é justiça fiscal”, finaliza Elizabeth.
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!